sexta-feira, 26 de março de 2010

Hora do Planeta 2010



Una-se à Hora do Planeta 2010 e marque a diferença!

Contra o aquecimento global, uma acção global.

Não lhe estamos a pedir muito: é só mexer um dedo e... Desligar a luz!

HORA DO PLANETA

Sábado 27 Março - 20H30 ás 21H30

Video Oficial: http://www.youtube.com/watch?v=FclcMfzjwug&feature=player_embedded

quarta-feira, 24 de março de 2010

A 3ª Maravilha do PNPG por Miguel Torga



Gerês,6 de Agosto de 1952


Subida à Calcedónia, uma das coroas de gloria cá da terra. A tarde estava como um veludo, e as fragas, amolecidas pela luz, pareciam broas de pão a arrefecer. Do alto, a paisagem à volta era dum aconchego de berço. Muros sucessivos de cristas — círculos concêntricos de esterilidade — envolviam e preservavam a solidão. Nas vezeiras, resignadas, as rezes esmoíam os tojos como quem ajeita um cilício ao corpo. E mais uma vez me inundou a emoção de ter nascido nesta pequena pátria pedregosa que é Portugal. Há nessa condenação como que uma graça dos deuses. Também é preciso ser de eleição para merecer certas pobrezas...


Miguel Torga - Diário VI


quinta-feira, 18 de março de 2010

PNPG entre os 21 finalistas das Sete Maravilhas Naturais


O Parque Nacional da Peneda-Gerês integra a lista final das 21 candidaturas que vão disputar o leque restrito das Sete Maravilhas Naturais de Portugal. O Gerês concorre na categoria de Zonas Protegidas, tendo como adversários o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (Alentejo) e a Reserva Natural da Lagoa do Fogo (Açores). O período de votação decorre até ao dia 7 de Setembro.
Vamos eleger o Parque Nacional Peneda-Gerês, como uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal:

http://www.7maravilhas.sapo.pt/#/pt/votacao

sexta-feira, 12 de março de 2010

Citação V


"Eis a natureza que te convida e te ama, mergulha no seu seio que ela constantemente te oferece."

Alphonse de Lamartine
Fotografia: David Gonçalves


Bom fim de semana de caminhadas, o sol está de regresso...

quarta-feira, 10 de março de 2010

Castelo do Lindoso – Louriça



20/12/2009
O dia começou bem cedo e bem frio, o branco era a cor predominante na paisagem que nos rodeava, depois de um cafezinho para aquecer o corpo e a alma lá nos pusemos a caminho do topo da Serra Amarela.Pouco depois de um inicio de percurso algo improvisado a corta mato, o frio esse já não se fazia sentir e foi em amena cavaqueira que la seguimos encosta acima, sendo surpreendidos a cada passo por paisagens magnificas, esculturas de gelo que só a natureza consegue criar e presenteados ao longo de praticamente todo o dia por um céu quase limpo.Chegados á Louriça foi hora de descansar um pouco e repor energias com o belo do almoço, com uma vista panorâmica priveligiada sobre o Gerês e Serras circundantes, e o céu ali tão perto...
A descida fez se pelo mesmo caminho com a mesma boa disposição e rapidamente regessamos ao ponto de partida.
Resumidamente foi um belo passeio com optimas companhias, pena foi termos sido infelizmente privados da boa companhia do Sr Zé Moreira durante a subida mas certamente que não faltarão mais oportunidades para partilharmos da sua companhia.
De resto queria agradecer a sempre boa companhia dos restantes companheiros...e assim foi mais uma jornada no mais belo cantinho do Mundo...












Texto e Fotografia: David Gonçalves

sexta-feira, 5 de março de 2010

A Voz do Povo fez-se ouvir!

Novo regulamento do ICNB termina com taxas das actividades desportivas em áreas protegidas

04.03.2010 - 13:57 Por Samuel Silva



O novo regulamento de taxas a cobrar pelos serviços prestados pelo Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) exclui o pagamento das autorizações para a maioria das actividades desportivas e visitação das áreas naturais protegidas. O documento, que entra em vigor amanhã, vem substituir uma portaria de Outubro, que motivou protestos por parte de montanhistas.

A portaria, hoje publicada em Diário da República, excluiu o pagamento de taxas devidas pelo acesso e visita a áreas classificadas e isenta os pedidos de autorização para a realização de actividades de lazer e educação ambiental apresentados por estabelecimentos de ensino e por pessoas colectivas de utilidade pública. As únicas actividades desportivas que continuam a pagar uma taxa de 200 euros pela sua autorização são as de competição.

Festivais de música e outros espectáculos e feiras têm também de pagar uma taxa ao ICNB, mas o regulamento isenta as actividades recreativas ou culturais relacionadas com romarias, procissões, festas populares e festejos locais.

Este documento substitui uma portaria de Outubro que estabelecia as taxas a pagar por serviços prestados pelo ICNB, que foi suspensa em Dezembro, por um período de três meses, depois de vários protestos de montanhistas e praticantes de desportos de montanha, com especial incidência no Parque Nacional da Peneda-Gerês.

O novo regulamento altera os critérios de cálculo do valor da taxa, eliminando grande parte das variáveis ao valor a aplicar existentes na anterior portaria. São também clarificados quais os actos e actividades sujeitos ao pagamento de taxas, desde logo através de isenções aos pedidos relativos às actividades agrícolas, florestais e de pastoreio cuja área de intervenção seja inferior a um hectare. Também os pedidos de autorização para a realização de trabalhos de investigação científica e de monitorização com interesse para a conservação da natureza e da biodiversidade são isentados do pagamento de taxas.

In: http://www.publico.pt/Sociedade/icnb-termina-com-taxas-das-actividades-desportivas-em-areas-protegidas_1425531
Ocorreu um erro neste gadget